vida


Estou pronta pra deixar a vida fluir

Hello Pipol, tudo bem com vocês?

Sempre fui daqueles seres ansiosos que quer tudo e quer agora. Mas no fundo sempre acreditei que as coisas aconteceriam quando eu estivesse pronta. E finalmente posso dizer que estou.

Eu sei, nos sentimos preparados a cada passo dado, ainda que uma voz interior nos diga onde realmente estamos. É um trabalho de crescimento constante reconhecer que ainda temos questões a trabalhar até os sonhos encontrarem seu lugar.

Comecei a me sentir pronta quando entendi que não vou ter tudo o que desejar, e que nem sempre meu esforço vai ser suficiente – já que as coisas dependem de vários fatores, inclusive da boa vontade dos outros. Não adianta descabelar por problemas onde solução não está ao meu alcance.

Eu decidi ser mais leve e deixar a vida fluir. Escolhi entender os sinais que a natureza me envia em sua total sabedoria. E não tem sido fácil abrir mão do falso controle que criei. Nunca é fácil acessar a si mesmo e entender onde residem as falhas.

Já faz um tempo que identifiquei a necessidade de paz de espírito, auto controle e aceitação. Entendi quão necessário era abraçar esse processo para então permitir que a vida me presenteasse com sua fluidez.

Apesar da árdua caminhada, digo com o coração aberto que finalmente estou pronta pra deixar a vida fluir.

Créditos: Imagens retiradas do tumblr.

Beeeijos e até a próxima! 😉

 

 

 

 

(mais…)


A fragilidade da vida 2 comentários

Hello Pipol, tudo bem com vocês?

Semana passada foi a rainha das notícias trágicas. Uma pior que a outra. Vocês mesmo podem fazer esse apanhado. Não preciso enumerar mais tragédia por aqui, não é mesmo? Essas fatalidades (ou não) me fizeram refletir sobre a vida e suas questões. Sabe aquelas reflexões que a gente faz de vez enquanto e que chegam a desesperar? Estou a beira de uma delas.

A vida é frágil e não espera por ninguém. A gente nunca sabe o que vem a seguir. Um acidente? Uma morte na família? Uma deficiência? Um atentado terrorista? Um estupro coletivo? Algumas coisas fogem ao nosso controle, e a gente só percebe o valor de cada uma delas quando perde. É aquele famoso ditado: a gente só lembra que tem cabeça quando ela começa a doer. E o mesmo equivale pra vida; só lembramos que temos uma quando alguém a perde do nosso lado.

E porque temos que esperar tanto pra perceber que o que temos é valioso? Eu sei que pode parecer cruel nessa altura do campeonato, mas comecei a agradecer pelas tragédias que não passei. E juro que isso não é falta de empatia, nem falta de vontade de salvar as pessoas de suas mazelas. É só que eu me permiti olhar pra minha vida e me sentir grata por cada pedaço de mim. A minha saúde mental, física, pelo meu desenvolvimento espiritual (e Deus sabe o quanto tô tentando nesse aspecto) pelas pessoas que me cercam, o alimento na minha mesa, a minha cama quente, a minha família, a oportunidade de trabalhar com o que amo… A lista é gigantesca!

tumblr_n5zu1h4CvU1r4pty5o1_500

Mudando o lugar. Mudando o tempo. Mudando os pensamentos. Mudando o futuro.

E por quê estou falando essas coisas pra vocês? Porque a correria do dia a dia engole a gente. Muitas vezes a gente come o almoço frio mesmo pra não “perder tempo esquentando a marmita” enquanto muitos nem comida tem. Quando na velhice, essa marmita fria vai ser mais um tiro no pé da nossa saúde.

Eu decidi que não quero perder minha vida correndo atrás de acumular coisas. O tempo passa rápido, e não me espera. O que me importa agora são as experiências que tenho, as pessoas que conheço, os lugares que visito, as histórias que junto ao meu portifólio. Descobri que amo amar as pessoas. AMO de verdade aquela emoção de ter um amigo e poder contar com ele. Não vou economizar tempo no amor ou fazendo o charminho pro jogo de “quem disser eu te amo primeiro perde”. Esse não é o meu lance. Não tenho tempo pra perder com charminho. Com gente que fala uma coisa quando quer dizer outra. Esse tipo de coisa gasta nosso tempo, nossa saúde, nossa fé na vida.

Meu conselho hoje é: seja honesto! Com você mesmo e com os outros. Seja grato! Pelas menores coisas e pelas gigantes também. Só aí estaremos prontos pra ver milagres diários. Não se esqueça que a vida é frágil e que ela pode se quebrar em um piscar de olhos. Valorize sua vida!

Créditos: Imagens retirada do tumblr. Tanto a imagem em destaque quanto a imagem no meio do post.

Beeeijos e até a próxima! 😉


Aprenda a dizer XÔ ao pessimismo!

Não adianta resmungar,

Haverá o dia em que você vai ter que se levantar e dizer xô ao pessimismo.

E eu duvido que alguém aqui não fica reclamando sem parar quando alguma coisa dá errado. Duvido também que não fica contando pra todo mundo o que é que deu errado. Duvido mais ainda que você tá vendo a coisa desandar e fica caladinho ao invés de gritar aos quatro cantos: PORQUE TUDO DÁ ERRADO PRA MIM?! É assim que o pessimismo se manifesta e trás consigo muitos pensamentos ruins, sonhos frustrados e complexos de inferioridade.

Eu já passei por todas as situações acima, e claro, todo mundo passa. Mas eu descobri uma coisa que gostaria de compartilhar com vocês  (como sempre).

Existe uma diferença tremenda entre ser otimista, realista e pessimista. Vamos ao dicionário?

Otimista: Otimismo, pensamento só no que pode ser melhor. Pessoa que só vê o lado bom das coisas.

Pessimista: Aquele que acredita que tudo vai dar errado.

Realista: Apego à realidade, ao concreto; atitude prática de quem encara de frente a realidade, evitando que abstrações ou fantasias intervenham em sua conduta; senso comum, bom senso: enfrentar uma situação difícil com realismo. Aquele que tem a realidade como guia.

(Todas as definições eu encontrei no dicionário online inFormal)

Já ouvi muita gente pessimista dizer: “Não sou pessimista, sou realista.” E gostaria de contar pra vocês que há diferenças nas duas características.

O pessimismo sempre nos convence que as oportunidades não são pra gente e na maioria das vezes a começamos a praguejar antes mesmo de tentar. O realismo sabe que talvez aquela oportunidade não chegue agora, mas pode vir a acontecer um dia. Por exemplo: Você tem um sonho de fazer intercâmbio, mas não tem dinheiro.

Você pode reagir de duas formas.

1- “Imagina! Isso jamais vai acontecer pra mim; além de pobre não sei falar inglês, é claro que tudo vai dar errado!”

2- “Não tenho dinheiro agora, mas vou me inscrever nesse site pra receber notícias; quem sabe futuramente algo pode acontecer? Se eu tiver informações atualizadas, sempre saberei quanto dinheiro preciso ter pra realizar esse sonho.

Nota-se que nenhuma das duas opções a pessoa em questão vai pro intercâmbio, mas a segunda abre sua mente e sua realidade para as possibilidades. Todas as histórias de sonhos realizados que ouvimos falar, são de pessoas que um dia estavam no lugar certo, na hora certa, mesmo quando tudo parecia não funcionar. Assim como uma oportunidade chama outra, uma desgraça também puxa a outra e o pessimismo não vai te trazer nada de bom.

Ninguém aguenta viver ao lado de pessoas que só reclamam, só veem problemas e nunca se abrem pras soluções. Problematizar, questionar a “ordem social”, sim é necessário debater, confrontar… Mas o questionamento essencial deve ser “como posso ajudar a melhorar e fazer as coisas darem certo?” e não “porque nada nunca funciona comigo?” Principalmente porque quando o nosso foco é melhorar como ser humano, ajudar as outras pessoas, desconstruir preconceitos… A gente vai se abrindo pra vida e permitindo que coisas novas cheguem até nós. Você se permite ir além daquela caixinha que diz a forma tradicional de fazer as coisas.

Você já parou pra pensar…

…que talvez algumas coisas não chegam até você, porque sua mente está sempre ocupada e preocupada a raciocinar da mesma forma?

Quando a gente muda, a vida muda. E tudo começa de dentro pra fora. Não tem outra forma de atrair coisas boas a não ser mudando a forma de pensar e construindo com boas ações. Nada gira somente em torno da gente, então quando começamos a perceber a importância dos outros na nossa vida, aparecem pessoas que nem imaginávamos que poderiam nos ajudar. E o melhor de tudo, é poder compartilhar os resultados das suas conquistas de forma a inspirar as pessoas a querer correr atrás dos seus sonhos também.

Pensar positivo é um hábito que devemos desenvolver, assim como atividade física, alimentação saudável… Nada a princípio é fácil, vemos todo mundo falar de suas vantagens, mas sempre inventamos desculpa pra não começar. Então não deixe pra amanhã o que pode começar agora. Vamos mudar de pensamento pelo menos por hoje?

Até a próxima 😉