5 dicas de fim de ano – para fugir do desespero. 4 comentários


Vai chegando Novembro e as lojas se enfeitam, o clima muda e tudo anuncia que o fim de ano chegou.  As preocupações variam dos presentes de Natal até as metas de vida que foram ou não riscadas da lista.

Confesso que este é um dos meus períodos favoritos do ano – não fica invejoso carnaval, eu amo você também – mas fico completamente enlouquecida com os outros e comigo mesma. Quero riscar as ultimas metas, ajeitar os últimos detalhes e fazer em poucas semanas o que não consegui nos outros 11 meses.

Vamos acabar com essas pressões?

1 – Não deixe tudo para a última hora.

Um ano passa rápido demais e todos nós sabemos disto, por isto, seu melhor amigo agora será sua agenda – aplicativo, planner, planilha ou qualquer outro método que você use para se organizar.

Não adianta querer fazer em 4 semanas o que não conseguiu fazer em 11 meses. Confira sua lista de projetos e veja o que ainda esta em tempo e o que precisará ser remanejado para o ano seguinte.

Pense em quem você quer presentear, quanto pretende gastar em presentes, onde encontrará cada um deles e tente compra-los até a primeira semana de Dezembro. Assim você economiza dinheiro e tempo, já que todas as lojas ficam lotadas e dobram os preços na reta final.

E por falar em dinheiro…

2 – Prepare o bolso!

Muita coisa aparece pra fazer em Dezembro. Além das festas de fim de ano tem as confraternizações na empresa, amigos secretos… Com isto os gastos crescem proporcionalmente com os eventos.

Não deixe todos os compromissos por conta do décimo terceiro. É um salário extra mas não é atestado de riqueza, hahahahaha. Eleja suas prioridades e comece a “prever” os gastos extras. Assim você não corre risco de passar aperto.

Lembre-se que Janeiro é o mês dos impostos, matrículas, recomeços… E tudo custa caro! Por isto a importância de se organizar. Quanto mais você estiver ciente dos gastos extras, menos surpresas virão.

3 – Pense nas pequenas coisas…

Quanto as conquistas, lembre-se que as grandes coisas se sustentam de coisas simples. Às vezes não passamos no vestibular, mas aprendemos a confiar na nossa inteligência. Não compramos um carro, mas conseguimos otimizar o tempo cortando alguma atividade que sobrecarregava a rotina. Não compramos a casa própria, mas liberamos espaço na casa em que já vivemos tirando móveis quebrados.

Este ano decidi fazer uma latinha com bilhetes contando as pequenas coisas que mudaram minha vida. Ao reler alguns deles percebi que não me lembraria de tantos detalhes se não fosse esta latinha.

Acredito de coração que se não conseguimos ser gratos no pouco que temos, então não estaremos prontos para receber o muito que a vida ainda trará. Se não agradecemos o pão de hoje, iremos agradecer o caviar de amanhã? Pouco provável!

4 – Você não é todo mundo!

Não é porque sua vizinha conheceu 500 cidades novas, seu namorado comprou um carro e sua amiga foi promovida no emprego que significa que sua vida seja total perda de tempo.

Cada pessoa tem seu objetivo e traça seu caminho até ele. A gente costuma ver o que as pessoas conquistaram, mas raramente sabemos o quanto elas batalharam para alcançar este lugar.

A vida de ninguém é igual, a família de ninguém é igual e sua mãe estava certa quanto dizia que você não é todo mundo!

5 -Esteja perto de quem você ama.

Hey, essa vai para um Natal nojento!

O fim de ano pode ser realmente estressante. Gastamos muita energia com tanto planejamento, sonhos, contas, compras, festas… A parte disto tudo que faz a real diferença são as pessoas que amamos ao nosso redor.

A gente se alimenta de amor, esperança e finalmente se convence que não há tragédia que não possa ser superada. As pessoas que amamos nos dão força para continuar acreditando nos nossos sonhos e nos enxergam valores em nós que nem sempre somos capazes de ver. Se cercar de amor é bom em todo tempo.

Se fortaleça com o os que te amam.

Créditos: Gifs retirados do google // Fotos em destaque retiradas do tumblr.

E você, já surtou com os preparativos de fim de ano?

Beeeijos e até a próxima! 😉


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 thoughts on “5 dicas de fim de ano – para fugir do desespero.

  • grazi

    Essa também e uma das datas mais bacanas que eu acho haha , tirando o carnaval que é quando eu faço aniversário kkk ..
    Adorei as dicas,sempre revejo minha listinha do que fiz ou não neste ano kk sempre da uma pre depressão das coisas que deveria ter feito, mas vamos seguir .. 2018 ta ai.

    • Nattany Martins Autor do post

      Oi Grazi!
      Carnaval, porque tão bom? Assim como o Natal deveria ter mais de uma vez no ano, hahahaha.
      O objetivo da lista de fim de ano não deveria ser torturar, e sim motivar. Mas a gente sofre mesmo, né?
      A gente sente cada item não realizado como um “fracasso pessoal” mas se a gente olhar com um pouco mais de
      leveza, acaba percebendo que projetos antigos podem se tornar novos.

      Beeeijos
      Nattany Martins