Pedaço de Música: Artistas que eu nunca gostei 13 comentários


Hello Pipol, tudo bem com vocês?

A vida, meus caros, é irônica. E adivinha o que vim fazer aqui. Me redimir? Talvez! Nunca curti muito alguns artistas e fiz questão de deixar bem claro, mas a vida faz questão de esfregar isso na minha cara e eu acabei me apaixonando por música ou outra desses artistas.

Agora me resta catar os cacos da minha vergonha na cara e fazer um top cinco das melhores músicas dos artistas que eu menos gostei na vida.

Pedaço 5: Cobertor – Anitta

Vamos começar com a mais polêmica, porque é de polêmica que a gente gosta mesmo!

Nunca fui muito fã da Anitta, houve um tempo – no começo da carreira dela – em que eu a achava forçada e um “projeto de querer ser os outros”. A primeira música que ganhou meu coração e o repeat foi Cobertor em parceria com o Projota.

Todo mundo me mandava desligar a música porque por fim ninguém aguentava mais, hahaha’.

Com o tempo fui entendendo um pouco mais sobre ela, a forma que ela lida com o trabalho e apesar de discordar de muita coisa passei a admirar tudo o que ela conquistou. Cês tem noção do que é uma menina/mulher de 24 anos administrar uma carreira deste tamanho?

Ela é sem dúvidas a maior representante da música pop brasileira em todo o mundo e ninguém pode negar.

Pedaço 4: Mulher – Projota

Já que estamos falando do Projota resolvi incluir na lista.

Meu irmão e ex namorado curtiam muito rap e de tanto ouvir eles dizerem que Projota não é rap e sim música pop acabei internalizando isso.

No fundo nunca tive motivo pra não gostar. É só que ele nunca foi meu preferido, então não fiz questão de ouvir pra conhecer um pouco mais.

A única música que conheço é a participação com Anitta e esta Mulher, e gosto muito das duas. Projota continua não sendo meu artista preferido, mas também não tenho a mesma birra de antes. É o tipo de música gostosinha quando passa no rádio, mas dificilmente coloco pra ouvir no meu Spotify.

Pedaço 3: Vício – Manu Gavassi

Pensa numa pessoa com carinha de nojentinha e “Hey gente, meu pai comprou a  revista Capricho pra mim!“. hahaha’

Eu conheço a Manu desde a época do Orkut e as colunas na revista Capricho e ela sempre me passou essa ideia. Eu sei, julgar as pessoas dessa forma é errado e por isso eu resolvi dar uma chance pras músicas dela.

Nessa nova fase consigo me identificar melhor com a Manu madura que entendeu a importância de estar sozinha.

No fundo eu e Manu somos iguaizinhas a Taylor Swift, emendamos um amor no outro depois ficamos enroladas pra resolver esse tanto de treta, hahaha’.

Pedaço 2: The Cure – Lady Gaga

Eu era essa pessoa. Podem me julgar atirando a maldição da Mother Monster. E falando em Monster, foi exatamente essa era da Gaga que me fez tomar birra. Eu honestamente detestava aquele circo todo e achava que ela fazia as coisas somente pra chamar a atenção.

O tempo passou, nós duas crescemos e hoje toda a humanidade sabe a importância da Gaga pra música pop. Tudo o que ela fez fazia sentido pra arte que ela gostaria de comunicar ao mundo.

A era The Fame é de longe a minha preferida e agora me uni ao Joane de coração.

Jesus salva essa música The Cure que tem esse tom gostosinho de filme adolescente de sessão da tarde.

Pedaço 1:  Young and Beautiful – Lana Del Rey

A pessoa que eu tinha birra meeesmo, arrepiava só de ouvir falar o nome, era a Lana Del Rey. Aquela carinha de Nancy Sinatra e anos 60 fajuto sempre me irritaram. Sem contar a incapacidade da bonita de dar um sorrisinho.

Depois veio a entrevista do “queria estar morta” e os memes nunca mais pararam de fazer nossa alegria.

O que quase ninguém sabe é que antes disso a abençoada lançou a música que seria meu fim. Young and Beautiful que foi tema do filme The Great Gatsby (um dos meus filmes favoritos depois de Titanic) e também a música que Kanye West usou para pedir a mão de Kim Kadarshian. Quem acompanha o reality viu que ele contratou uma orquestra pra pedir a ela em casamento em um estádio lotado de amigos e parentes.

A vida é tão irônica que não basta eu gostar da música, ela é simplesmente a música mais linda que já ouvi! E decidi por unanimidade que ela seria a música que eu entraria no dia do meu casamento – caso um dia eu tenha uma cerimônia.

Eu sei. Pode rir. Todos os meus amigos já jogaram esse fato na minha cara e sempre se divertem quando falamos de Lana Del Rey. Hoje compreendo um pouco do trabalho dela e entendo que tem gosto pra tudo, inclusive a música Love dela é lindinha também.

A questão é ter vibe pra ouvir as músicas da Lana e curtir o momento de sossego, já que nada que ela canta é agitado demais. O trabalho dela tem cara de descanso, sentimento, intensidade e às vezes é meio depressivo. Tudo depende da perspectiva e do momento.

Lembrando que esta é minha opinião pessoal e não tão radical. O gosto pessoal é construído socialmente e tudo bem mudar de ideia. Nem tudo precisa ser tãaao binário amor x ódio. As coisas podem ser leves e no meio termo. Meu problema com esses artistas não é pessoal e não estou aqui pra ofender a pessoa de ninguém, muito menos desmerecer o trabalho destas pessoas. Estou apenas falando de artistas que nunca me identifiquei com o trabalho e em algum momento vi essa situação mudada por uma música nova, um novo conceito ou proposta. A gente se transforma o tempo todo.

E vocês, tem algum artista que arrepiam só de ouvir falar o nome?

Créditos: Imagem em destaque retirada do tumblr, vídeos da plataforma youtube.

Beeeijos e até a próxima! 😉

 

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 thoughts on “Pedaço de Música: Artistas que eu nunca gostei

  • Letícia

    Amo todas essas musicas. Anitta, Projota e Manu Gavassi estou sempre ouvindo e garimpando pelas melhores. Acho ótimo encontrarmos coisas boas onde menos esperávamos…
    Gostei do blog! De desejo bastante sucesso!
    Tenho um blog também, se tiver um tempo para visitar, estou deixando ele aí.
    Um bjooo

    • Nattany Martins Autor do post

      Ei Lê!
      Apesar de ser uma pessoa orgulhosa, eu amo me surpreender com as situações, sabe? Encontrar virtude aonde eu não esperava é muito divertido. A gente vê que a vida tem outras perspectivas além do que a gente vê. AMO!
      Obrigada pelo carinho, e pode deixar que vou ir visitar seu blog sim!

      Nattany Martins

  • stheffany farias

    ola tudo bom!!! confesso que eu também não gostava muito da Anitta, sei la achava ela muito nojenta parecia ser uma mulher metida cheia de querer, até eu começar a assistir os snap chats dela, nossa me arrependi kkkk que mulher maravilhosa comecei a me aidentificar com ela. Ainda não sou muito de ouvir as musicas dela não é muito do meu gênero mas a admiro muito como profissional. Agora os outros cantores não muito chegado não é rarissimo eu ouvir uma musica deles.
    -Beijos, sucesso!!!

    • Nattany Martins Autor do post

      Nossa Stheffany, eu tinha a mesma sensação. Isso é pra gente ver que quando olhamos pras pessoas com outro olhar, as coisas mudam. Julgar nunca é legal. A gente só aprende essas coisas na prática, né? Tive que ouvir bastante e trabalhar minha mente pra perder o ranço que eu tinha da Anitta. Passei de “detesto Anitta” para “espero que a carreira internacional derrube forninhos” e “orgulho nacional”, hahaha.

      Obrigada pela visita!
      Nattany Martins

  • Babi

    Não posso falar muita coisa da maioria desses cantores .
    Os meus irmãos gosta de Projota ,mas não tenho nada contra e nem favor.
    A Manu acabei começando a gostar dela quando ela ja nem estava em alta.Amei o ep Vicio que ela lançou ,mas o novo Cd dela eu achei bem chatinho.
    Você também não achou
    Beijos
    Meu mundinho quase perfeito

    • Nattany Martins Autor do post

      Ei Babi! Quanto ao Projota, eu gosto de uma ou outra.
      Em relação a Manu eu não ouvi o CD novo, o último trabalho dela que vi foi o EP Vício mesmo. E confesso que amei.

      Obrigada pela visita!
      Nattany Martins

    • Nattany Martins Autor do post

      Eu também acho ela muuuuito linda! Me incomoda a morbidez mesmo. Ainda que ela continue não sendo minha cantora favorita, acho que já entendi o jeito dela, finalmente! hahaha’
      Eu gosto das musicas novas da Manu, são mais maduras.
      Obrigada pela vista Dossiê de Verão! 😉

      Nattany Martins

    • Nattany Martins Autor do post

      Oi Lilian!
      Engraçado como nosso gosto vai mudando com o tempo né? Cada fase é um novo momento mesmo, eu acho isso incrível. Aos poucos a gente vai entendendo o que gosta ou não. O importante é estar aberto a mudar de ideia.
      Obrigada pela visita.
      Nattany Martins

  • Flávia Ferreira

    Todo mundo tira barato da minha cara pq gosto da Anitta e já até fui em show dela! hahaha
    Mas eu acho legal que ela é bem gente como a gente.. mas ao vivo, não canta nadinha! 🙁
    Manu Gavassi curti na adolescência, as músicas eram bem bobinhas e eu também! Faz muito tempo que não escuto nada dela.
    Lady Gaga e Lana del Rey curto uma ou outra música, mas essa da Lana que vc linkou no post nunca tinha ouvido e vou pesquisar, vai que entra no meu casamento também! hahaha

    apartamentoparadois <3

    • Nattany Martins Autor do post

      Flávia, eu já imaginava que ao vivo a Anitta não era grandes coisas, mas a gente não pode negar o impacto que ela causa, né?
      Quanto a Manu, eu não sei o que dizer. Não é música pra todo dia, não. Tem que estar bem no espírito da adolescência mesmo.
      Imagina você casando com a música da Lana que eu indiquei? IRIA MORRER DO CORAÇÃO! #realoficial.

      Beeeijos e até a próxima! 😉
      Nattany Martins